Ceni vê chance de o Cruzeiro brigar de ‘igual para igual’ com Flamengo: ‘Que o torcedor deposite a confiança’

Mineiros e cariocas se enfrentam no próximo sábado, às 17h, no Mineirão

Apesar da derrota do Cruzeiro por 1 a 0 para o Palmeiras, em São Paulo, o técnico Rogério Ceni acredita que seus comandados poderão voltar ao caminho das vitórias na próxima rodada do Campeonato Brasileiro. Ou pelo menos brigar de “igual para igual” com o Flamengo, atual líder da competição, em jogo marcado para o sábado (dia 21), às 17h, no Mineirão.
“A gente vê evolução na equipe. Nesse momento, mais importante do que a cobrança, é o próximo jogo, no próximo fim de semana, contra um time que é líder do Campeonato Brasileiro. Que o torcedor deposite a confiança”, pediu.
O time jogando assim pode brigar de igual para igual mesmo com o Flamengo, com todas as estrelas, o grande time e o grande treinador que tem. Acho que o time, se render dessa maneira, treinar focado durante a semana, pode dar orgulho ao seu torcedor”, projetou.
Existe a expectativa de que o Cruzeiro tenha novidades diante do Flamengo. A começar pelo setor defensivo. Além do possível retorno de Dedé, que desfalcou o time nos dois últimos jogos em função de uma torção no tornozelo direito, Rogério deixou no ar a possibilidade de utilizar Fabrício Bruno na vaga de Leo.
No setor ofensivo, que marcou apenas um gol nos últimos três jogos, a esperança é pelo retorno de Rodriguinho. O meia iniciou preparação física na última semana após passar por cirurgia na região lombar em 12 de julho. Embora seja difícil sua utilização como titular, o camisa 23 poderá ser opção no banco de reservas.
Se por um lado terá reforços, por outro Rogério Ceni não poderá contar com Ariel Cabral. O volante foi diagnosticado com uma fascite plantar no pé direito e ficará no departamento médico por período indeterminado. Em 2018, quando sofreu a mesma lesão, o atacante Rafael Sobis, ex-Cruzeiro e hoje no Internacional, ficou afastado dos gramados por um mês.
Da redação:superesportes

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.