Copa Eldorado faz história e resgata duelos tradicionais do futebol de Sete Lagoas

A Copa Eldorado / Secretaria de Esportes está chegando ao fim. No próximo domingo, dia 28 de janeiro, serão disputadas as semifinais da competição, que conta com equipes tradicionalíssimas em busca do mais importante troféu do futebol amador da região.

Das equipes que eram consideradas favoritas, devido aos altos investimentos nos elencos, somente o Curitiba segue firme. As demais já foram eliminadas, dentre elas: Ideal, NF Amigos / Borussia, CAP e Eldorado / Chorão Tênis.

Os time da Líder Automóveis Seguros / River e Industrial sem grandes investimentos, se comparados a essas citadas acima, não estavam inicialmente entre as favoritas, mas com muita força e pelo peso da camisa, estão chegando. A equipe do bairro Santa Luzia colocou todo esse peso debaixo do braço e está no páreo, já o Industrial com um ótimo elenco e com jogadores mais jovens conseguiu avançar até a fase semifinal. Ambos estão mais vivos do que nunca na briga pelo titulo. Completam a lista dos semifinalistas o Ricardo Martelinho de Ouro / Samba Gol, equipe muito tradicional do futebol amador de Sete Lagoas, mas destes que chegaram até aqui, o que teve o menor poder de investimento, um elenco mais reduzido, mas que não pode ser considerada uma “zebra”, já que foi campeão da Copa Eldorado da edição 2008/2009 e o próprio Curitiba, como mencionamos acima.

Os duelos Curitiba x Industrial e Ricardo Martelinho de Ouro / Samba Gol x Líder Automóveis e Seguros / River serão especiais. No primeiro confronto teremos o Curitiba que busca o seu segundo titulo e o Industrial que vem numa crescente no futebol amador em Sete Lagoas e vai em busca do seu primeiro caneco da Copa Eldorado. No segundo jogo cinco títulos em disputa: De um lado o River, maior campeão da copa (4) e o Samba Gol (1), duas equipes do bairro Santa Luzia, ou seja, clássico da região do Garimpo.

Curitiba x Industrial (Campo do Serrinha, 28 de janeiro, às 8:30h)

Curitiba e Industrial são equipes tradicionais da Copa Eldorado, no cenário atual, o Curitiba segue invicto, com 100% de aproveitamento. Foram 3 vitórias na fase de grupos, mais duas vitórias nas fases de oitavas de final e quartas de final, com destaque para o triunfo do último final de semana contra o Ideal, 2 a 1. O Industrial se classificou em primeiro do seu grupo, somando 7 pontos, com duas vitórias e um empate, após estar perdendo de 3 a 0. Na fase eliminatória, foram dois empates que levaram a disputa para os pênaltis. Os goleiros Robinho e Fu acabaram sendo os destaques nas disputas por pênaltis, eliminando a forte equipe do Eldorado / Chorão Tênis, no último final de semana.

Não há dúvidas de que será um grande confronto, cada um com sua proposta de jogo. O Curitiba tem jogadores mais rodados, mais experientes e muito qualificados do ponto de vista técnico. Roninho, até então, foi o grande nome da equipe na competição, mas não faz mais parte dos planos, pois foi jogar profissionalmente. Contudo, vale lembrar que, contra o Ideal, no ultimo domingo, ele não esteve presente, e o técnico Thiago Mancha conseguiu resolver esse problema com seu elenco fortíssimo. Uma defesa segura e muito experiente (Gilsinho e Tornado), jogadores de destaques no meio campo (Samuel, Boqueirão e Marcio Heleno) e lá na frente o ótimo Guilherme, que faz uma grande copa.

Do outro lado o Industrial tem um elenco jovem, vários jogadores do Cristalino de Pompeu, somados à experiência de Alemão e Pires, mas não fica somente por aí, já que conta com boas peças de reposição no banco de reservas, mesmo não tendo jogador acima da média, mas o grupo é forte. Dentre os principais atletas podemos destacar o Otávio (atacante), Leleu (meia atacante), Pretinho (volante), além de um grande entendedor de futebol no comando, o técnico Thiago.

Ricardo Martelinho de Ouro / Samba Gol x Líder Automóveis Seguros / River  (Campo do Serrinha, 28 de janeiro, às 10:30h)

É jogo grande, é clássico, vale vaga na grande final e o Líder Automóveis Seguros / River ainda não jogou tudo aquilo que seu elenco pode jogar, mesmo não tendo várias estrelas como em outras oportunidades. Trata-se de um time forte, tem jogadores de qualidade e pode se superar.

Na primeira fase conseguiu apenas uma vitória e dois empates e vale ressaltar que esse confronto entre River x Samba Gol, aconteceu na primeira etapa, terminando empatado. Na fase de oitavas de final vitória diante do 7 de Setembro de Caetanópolis, já nas quartas de final, empate por 3 a 3 contra o Santa Helena, sem dúvidas o melhor jogo da Copa Eldorado até aqui. Nos pênaltis o River avançou. Comandado pelo técnico Renatinho ChekChek, a equipe ainda busca seu melhor rendimento no aspecto coletivo, mas, individualmente, alguns jogadores podem render mais, dentre eles o PC. Hoje jogando como meio campista ainda está devendo, apesar de ter ido muito bem contra o Santa Helena, mas é um jogador que gera uma expectativa enorme, sobretudo porque na última edição da Copa Eldorado foi eleito o melhor da competição jogando pelo Ideal. Alguns jogadores são decisivos, dentre eles: Ramon (meia), Scarpeli (atacante) e Gustavo (zagueiro) que faz uma copa espetacular. No conjunto da obra falta um pouco mais de qualidade na parte coletiva, mas é um time que tem jogadores que gostam de colocar a bola pra rodar.

Em situação adversa, o Samba Gol, no inicio da competição, não gerava alta expectativa de fazer uma participação tecnicamente brilhante, mas seu coletivo, sua forma de fechar os espaços, de preencher as lacunas do campo, passaram a chamar a atenção. Um time muito aguerrido, que tem em seu treinador Imbé um dos destaques até aqui. Na primeira fase foram 3 empates, na fase eliminatória avançou diante do CAP, nos pênaltis, uma das equipes que mais investiram. A primeira vitória aconteceu na fase de quartas de final, 2 a 1 diante do São Sebastião das Pindaíbas. Sem ter vergonha de escalar 4 volantes, ou fazendo ligação direta o Samba Gol pode sim avançar para a grande decisão, Dadá e Chocolate (volantes) são peças fundamentais, além de marcarem muito,  ajudam na construção, têm boa chegada ao ataque, Tuca e Ziel (atacantes), são responsáveis por brigar pela bola, e arrumar a jogada um para o outro, no momento da finalização, já que existe muita ligação direta e essa bola quase sempre chega para ser disputada com os zagueiros adversários.

Foto: Via Watshap
Foto: Via WhatsApp

Vamos aguardar e ter a certeza de que no domingo vamos acompanhar grandes jogos no campo do Serrinha. Nesses jogos eliminatórios o nível de concentração é fundamental, o detalhe faz a diferença, a experiência tem influência e a juventude tem o fôlego. Que vença o melhor!

Por Thiago Maia

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


shop giày nữthời trang f5Responsive WordPress Themenha cap 4 nong thongiay cao gotgiay nu 2015mau biet thu deptoc dephouse beautifulgiay the thao nugiay luoi nutạp chí phụ nữhardware resourcesshop giày lườithời trang nam hàn quốcgiày hàn quốcgiày nam 2015shop giày onlineáo sơ mi hàn quốcshop thời trang nam nữdiễn đàn người tiêu dùngdiễn đàn thời tranggiày thể thao nữ hcm