Com reforço no meio, Seleção Brasileira enfrenta a Venezuela para confirmar vaga nas quartas

Arthur volta ao time titular do técnico Tite

A vitória por 3 a 0 sobre a Bolívia pode não ter empolgado a torcida na estreia da Copa América, mas será fundamental para ajudar a Seleção Brasileira a garantir a classificação para as quartas de final se voltar a vencer hoje, em duelo com a Venezuela, em Salvador. A partida será às 21h30, na Fonte Nova. E a equipe entra com o ‘reforço’ do volante Arthur, recuperado de lesão no joelho direito. No outro duelo do Grupo A, Bolívia e Peru se enfrentam às 18h30, no Maracanã.

O meio-campista do Barcelona participou normalmente do último treino, de segunda-feira, no Barradão. Como choveu na capital baiana, o gramado do local da partida foi preservado, contraindo protocolo das competições organizadas pela Conmebol.

Embora Tite tenha permitido que a imprensa acompanhasse apenas o aquecimento dos jogadores, Arthur volta ao time titular. Na partida no Morumbi, o jogador foi poupado, substituído por Fernandinho. Nos outros setores não haverá mudanças. Richarlison, Philippe Coutinho, David Neres e Roberto Firmino terão a missão de furar a defesa venezuelana.

Enquanto o Brasil soma 3 pontos na tabela, a Venezuela figura com apenas 1, decorrente do empate sem gols com o Peru na estreia, na Arena do Grêmio. Buscando garantir sua classificação à próxima fase o mais breve possível, o time canarinho tentará fazer prevalecer seu amplo favoritismo sobre o adversário.

Mas se engana quem pensa que a Venezuela não oferecerá perigos à Seleção Brasileira. Em março, em amistoso no estádio do Atlético de Madrid, na Espanha, a equipe superou surpreendentemente a Argentina, de Lionel Messi, por 3 a 1.

ADVERSÁRIO

O atacante Soteldo, que joga no Santos, é uma das armas da Venezuela, comandada pelo técnico Rafael Dudamel, para tentar superar o Brasil. Segundo ele, a seleção Vinotinto tem atletas com qualidade para vencer os brasileiros em sua casa.

“Estamos motivados para disputar a competição. O Brasil é uma seleção muito difícil, mas assim como eles têm jogadores que podem nos provocar danos, nós temos atletas para ganhar deles. O objetivo é o mesmo de sempre: ganhar o jogo, assim como é o do Brasil”, afirmou.

Ganhar do Brasil seria um feito histórico, já que em 24 jogos entre as seleções a Venezuela tem apenas uma vitória: 2 a 0 em amistoso em 2008, nos Estados Unidos. Pela Copa América, o melhor resultado foi o empate sem gols em 2011, na Argentina.

Brasil  x Venezuela

Brasil: Alisson; Daniel Alves, Marquinhos, Thiago Silva e Filipe Luís; Casemiro, Arthur (Fernandinho), Philippe Coutinho, David Neres e Richarlison; Roberto Firmino
Técnico: Tite

Venezuela: Fariñez; Rosales, Chancellor, Villanueva e Feltscher (Osorio); Moreno, Hernández, Herrera, Rincón e Savarino; Rondón
Técnico: Rafael Dudamel

2ª rodada do Grupo A da Copa América
Estádio: Fonte Nova
Horário: 21h30
Árbitro: Julio Bascuñan (CHI)
Assistentes: Christian Schiemann e Claudio Rios (CHI)
Pendurado: Philippe Coutinho
VAR: Roberto Tobar (CHI)

Da redação:superesportes

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


shop giày nữthời trang f5Responsive WordPress Themenha cap 4 nong thongiay cao gotgiay nu 2015mau biet thu deptoc dephouse beautifulgiay the thao nugiay luoi nutạp chí phụ nữhardware resourcesshop giày lườithời trang nam hàn quốcgiày hàn quốcgiày nam 2015shop giày onlineáo sơ mi hàn quốcshop thời trang nam nữdiễn đàn người tiêu dùngdiễn đàn thời tranggiày thể thao nữ hcm