Após título, Tite rebate Messi e diz que argentino precisa saber perder

Para o treinador brasileiro, o camisa 10 argentino faltou com respeito

Emocionado pela conquista da Copa América e acompanhado pela família, o técnico Tite comemorou a conquista da Copa América sem deixar de responder as perguntas mais duras dos jornalistas neste domingo. O treinador da seleção brasileira tem demonstrado irritação no Maracanã com as declarações do argentino Lionel Messi, que no último sábado afirmou que a competição estava “armada” para o Brasil ser campeão.

Para o treinador brasileiro, o camisa 10 argentino faltou com respeito. “Aquele que reputei como extraordinário, como ‘extraterrestre’, até porque coloquei dessa forma… Ele tem de ter um pouco mais de respeito para entender e aceitar quando é vencido. Fomos prejudicados em uma série de jogos, inclusive na Copa do Mundo. Então, mais cuidado”, afirmou o comandante, em entrevista coletiva depois da vitória por 3 a 1 sobre o Peru.

Tite concedeu entrevista com a taça de campeão à sua frente e com uma série de respostas sinceras. O técnico considerou que o comentário de Messi foi fruto da irritação por ter sido expulso de forma injusta contra o Chile, na disputa pelo terceiro lugar. “Ele botou pressão muito grande pela grandeza que tem”, disse o treinador. “Nós jogamos limpo contra a Argentina o tempo todo. É preciso tomar cuidado para não transferir responsabilidade”, comentou.

O técnico brasileiro disse estar satisfeito pelo título inédito na carreira e revelou ainda não ter se sentido campeão. Tite vai buscar descansar e só depois quer analisar a partida, mas reclamou bastante da arbitragem. “Foi ‘descriteriosa’ (sem critério). O árbitro estava extremamente pressionado e cometeu um erro crasso que em jogo de alto nível não pode acontecer”, disse o treinador em referência ao pênalti marcado no primeiro tempo por toque de mão de Thiago Silva.

Após a conquista, Tite dividiu o mérito com a comissão técnica. O auxiliar dele, Cleber Xavier, confirmou a saída do coordenador de seleções Edu Gaspar para assumir cargo de dirigente no Arsenal, da Inglaterra, e disse que a CBF procura agora um novo executivo para a função. Um dos nomes cotados é do ex-meia Juninho Paulista, atualmente diretor de desenvolvimento da entidade.

Segundo Tite, o título da seleção brasileira é merecido porque até mesmo nos mais de 20 minutos em que esteve com um a menos após perder Gabriel Jesus expulso, a equipe não sofreu sustos. “Tomamos a posse de bola e estivemos muito próximos de fazer o terceiro antes da expulsão. No segundo tempo, o Alisson, acho que fez uma defesa só. Começamos a criar bastante, a ter um jogo de enfrentamento. Mas fomos superiores”, comentou.

Da redação:superesportes

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


shop giày nữthời trang f5Responsive WordPress Themenha cap 4 nong thongiay cao gotgiay nu 2015mau biet thu deptoc dephouse beautifulgiay the thao nugiay luoi nutạp chí phụ nữhardware resourcesshop giày lườithời trang nam hàn quốcgiày hàn quốcgiày nam 2015shop giày onlineáo sơ mi hàn quốcshop thời trang nam nữdiễn đàn người tiêu dùngdiễn đàn thời tranggiày thể thao nữ hcm